Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Feiras e Exposições Corporativas, Convenções, Congressos e similares

CNAE: 82
Risco Alto

Protocolos Gerais Obrigatórios

* Usar máscara, bem ajustada e cobrindo boca e nariz;
* Manter preferencialmente 2 metros de distância de outras pessoas e nunca menos que 1 metro;
* Garantir a ventilação natural e a renovação do ar, com portas e janelas bem abertas ou sistema de circulação de ar;
* Limpar bem as mãos e as superfícies com água e sabão, álcool 70% ou similares;
* Manter trabalho e atendimento remotos sempre que possível, sem comprometer as atividades;
* Realizar busca ativa de trabalhadores com sintomas respiratórios e encaminhar para atendimento de saúde as pessoas com quadro suspeito ou duvidoso;
* Assegurar o isolamento domiciliar para trabalhadores e familiares com suspeita de Covid-19 até acesso à testagem adequada e, em caso de confirmação, manter afastamento preferencial de 14 dias ou conforme orientação médica;
* Ocupar em horários diferentes os espaços coletivos de alimentação, mantendo distância mínima entre colegas;
* Controlar e respeitar a lotação máxima permitida nos ambientes;
* Fixar cartazes com lotação máxima e uso obrigatório de máscara na entrada dos ambientes e em locais de fácil visualização e fiscalização;
* Definir e respeitar fluxos de entrada e saída de clientes e trabalhadores para evitar aglomeração;
* Disponibilizar álcool 70% ou similar para limpeza das mãos e higienizar dispositivos de uso próximo à boca a cada novo usuário (microfones, telefones, rádios, etc.)
* Manter no mínimo 2 metros de distância entre mesas e grupos em restaurantes e espaços de alimentação;
* Vedar e coibir qualquer aglomeração.
* Orientação por parte dos estabelecimentos sobre a importância da vacinação para a Covid-19 para público e trabalhadores para todas as atividades.

Protocolos de Atividades Obrigatórios

Portaria SES nº 391/2021;

Apresentação de Comprovante de Vacinação Oficial (CONECTE SUS) de acordo com calendário de vacinação estadual para público e trabalhadores (Informe Técnico CEVS/SES nº 16/2021);

Realização e autorização conforme número de pessoas (trabalhadores e público) presentes ao mesmo tempo:

  • até 400 pessoas: sem necessidade de autorização;
  • de 401 a 1.200 pessoas: autorização do município;
  • de 1.201 a 2.500 pessoas: autorização do município e autorização regional (aprovação de no mínimo de 2/3 dos municípios da Região Covid ou do Gabinete de Crise da Região Covid correspondente);
  • de 2.501 a 10.000 pessoas: exigências acima (+) presença de monitores para fiscalização do cumprimento dos protocolos de distanciamento e uso de máscara da proporção de 1 para cada 150 pessoas (+) testagem de identificação do antígeno para trabalhadores/colaboradores, conforme Nota Informativa CEVS/SES nº 14/2021;
  • Acima de 10.000 pessoas: exigências acima (+) autorização do Gabinete de Crise, encaminhada pela respectiva prefeitura municipal e com aprovação da vigilância sanitária municipal.

Protocolo de Atividades Variáveis

Elaboração de projeto (croqui) e protocolos de prevenção, disponíveis para fiscalização;

Ocupação máxima de 75% do alvará ou do PPCI, respeitando o distanciamento interpessoal mínimo obrigatório;

Em ambientes com público sentado, distanciamento mínimo de 1m entre grupos de até 3 pessoas;

Distanciamento mínimo de 1,5 m entre módulos de estandes, bancas ou similares quando não houver barreiras físicas ou divisórias;

Alimentação exclusivamente em espaços específicos (ex.: praças de alimentação), com operação em conformidade com o protocolo de “Restaurantes etc.”.

Início e término de programações não concomitantes, quando houver multissalas, para evitar aglomeração;

Intervalo entre programações com troca de público, para evitar aglomeração e permitir higienização.

Sistema 3As de Monitoramento